O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, afirmou após o debate das emissoras católicas que já imaginava que seria o alvo dos demais candidatos.

No encontro dos presidenciáveis, realizado em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Haddad foi alvo de questionamentos de Geraldo Alckmin (PSDB) e Alvaro Dias (Podemos) sobre os governos petistas.

Questionado sobre o leve embate que teve com Ciro Gomes (PDT) durante o debate, Haddad se limitou a dizer que eles são amigos.

Mateus Fagundes
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *