italiano luz da infancia
Suspeito de pedofilia foi preso na Serra           Foto: Thais Rossi

Um empresário italiano foi preso na Serra nesta terça-feira (31) por suspeita de pedofilia. Luciano Gazzera tem 53 anos, mora no Brasil há 14 anos com visto permanente e confessou que armazenava conteúdo pornográfico com crianças e adolescentes há pelo menos três anos.

Segundo o delegado Lorenzo Pazolini a operação, batizada de Luz na Infância, investiga há seis meses uma rede para identificar pedófilos. “Essa prisão é fruto de uma ação realizada na semana passada e alguns alvos vêm sendo monitorados aqui no Espírito Santo”.

Um laudo preliminar da polícia civil apontou que o empresário tinha mais de 100 vídeos armazenados em um computador. Ele assistia o conteúdo à noite, em um cômodo de casa, repassava para outros Estados e países, mas diz que fazia por hobby. “Desde o primeiro momento ele confessou e detalhou como esses vídeos e imagens e como compartilhava na rede mundial de computadores”, relatou o titular a DPCA.

computador italiano luz da infancia
                                                        Foto: Thais Rossi

Na casa do suspeito foram encontrados dois CPUs, um Notebook, sete HDs externos e três internos, além de cartões de memória e pen drives. “Ele tinha certeza da impunidade, disse que jamais acreditava que a polícia descobriria, porque fazia por hobby e para desestressar”.

O suspeito não quis dar declarações. Ele tem esposa, convivia com duas meninas, mas afirma que não abusou delas nem levava crianças para casa.

Luciano Gazzera foi autuado em flagrante e encaminhado ao Presídio Estadual 5 em Vila Velha. Ele vai responder por troca, disponibilização e armazenamento com conteúdo pornográfico envolvendo crianças. Se condenado, pode pegar 10 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *