(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nessa sexta-feira, 18, os resultados individuais da edição de 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As notas estão disponíveis no endereço https://enem.inep.gov.br/.

Após a divulgação dos resultados, os interessados em concorrer às vagas nos cursos de graduação da Ufes devem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada, o Sisu, entre os dias 22 e 25 de janeiro, por meio do endereço eletrônico www.sisu.mec.gov.br.

A Ufes ofertará no 1º processo seletivo do Sisu 2019 um total de 2.776 vagas em 73 cursos nos campi de Goiabeiras, Maruípe, Alegre e São Mateus. Do total de vagas ofertadas, 1.382 vagas são destinadas à ampla concorrência e 1.394 vagas aos candidatos que concorrerão por meio da reserva de vagas (Lei 12.711/2012).

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) orienta aos candidatos que façam a leitura do Edital de Regulamentação Sisu/Ufes 2019, com as normas para acesso aos cursos de graduação da Ufes e do Termo de Adesão firmado entre a Ufes e o Ministério da Educação. Neste documento estão relacionados o número de vagas ofertado por cada curso da Instituição em cada modalidade de ingresso, além das notas mínimas que o candidato deve obter no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) para concorrer às vagas de cada curso. Todas as informações estão disponíveis no site www.sisu.ufes.br.

Novidades

A novidade deste ano é que todas as vagas ofertadas são para ingresso no primeiro semestre letivo de 2019. Para concorrer às vagas referentes ao segundo semestre, os candidatos deverão participar do 2º processo seletivo do Sisu 2019, no qual a Ufes ofertará um novo quantitativo de vagas.

Os cursos que não ofertarem vagas para ingresso no primeiro semestre ofertarão para ingresso no segundo semestre, à exceção daqueles que possuem processos seletivos específicos, realizados pela Universidade, como Licenciatura em Educação do Campo, Letras-Libras e Bacharelado e Licenciatura em Música.

Outra mudança está relacionada aos candidatos autodeclarados PPI. No processo seletivo de 2019, todos os candidatos autodeclarados PPI (pretos, pardos e indígenas) serão convocados para entrevista presencial individual com membros da Comissão de Avaliação Étnico-Racial. Não haverá mais análise prévia de fotografia tamanho 10 x 15, como ocorreu no processo de 2018. Segundo o edital, a verificação feita pela Comissão levará em conta única e exclusivamente as características fenotípicas do candidato, jamais a ascendência.

Já os candidatos com deficiência deverão apresentar laudo médico específico, assinado por um médico especialista, contendo na descrição clínica o tipo e o grau da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença – CID, bem como a provável causa da deficiência e as limitações impostas pela(s) deficiência(s). O laudo será analisado pela Comissão de Análise de Laudo Médico da Ufes.

A lista com toda a documentação necessária para os candidatos classificados (em todas as modalidades) realizarem a matrícula na Ufes pode ser verificada no edital.

Todas as informações sobre o Sisu/Ufes são publicadas no site sisu.ufes.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *