Na contramão das bolsas de Nova York, o Índice Bovespa teve um pregão de perdas nesta quinta-feira, 13, mais uma vez influenciado pela indefinição do cenário eleitoral doméstico. O índice chegou a registrar leve valorização no início dos negócios, mas perdeu sustentação e migrou definitivamente para o terreno negativo, chegando ao fechamento com 74.686,67 pontos, em baixa de 0,58%.

A alta do dólar ante o real foi importante termômetro dos temores do mercado e exerceu influência determinante no viés de baixa do Ibovespa, segundo operadores. Ao contrário do que vinha ocorrendo dias atrás, nem mesmo as ações de empresas exportadoras escaparam da queda, no dia em que a moeda americana atingiu seu maior valor nominal desde o Plano Real.

O ambiente de incerteza voltou a alimentar especulações em torno do cenário político, levando em conta fatores como a saúde do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), a transferência de votos de Luiz Inácio Lula da Silva a Fernando Haddad (PT) ou mesmo a possibilidade de surgimento de denúncia contra candidatos. No pano de fundo esteve a expectativa pela divulgação de nova pesquisa eleitoral, desta vez do Datafolha, marcada para esta sexta-feira, após o encerramento dos negócios.

O levantamento do Datafolha é o terceiro de um grande instituto a ser divulgado após o ataque a faca sofrido por Bolsonaro na última quinta-feira (6) e o primeiro depois que Fernando Haddad foi oficializado como candidato do PT. A expectativa, portanto, está em saber qual o impacto na intenção de votos que esses dois eventos provocaram.

“Pela manhã o mercado ensaiou uma alta, acompanhando o cenário externo mais favorável, que apontava para ânimos mais calmos. Mas o ambiente de ruídos do cenário eleitoral acabou por levar a bolsa novamente para negativo”, afirmou Pedro Galdi, analista de investimentos da Mirae. “Nesse ambiente, o mercado vive cada dia de uma vez”, disse.

As ações da Petrobras também tiveram importante influência sobre os negócios do dia. Petrobras PN respondeu pelo maior volume de negócios do dia (R$ 670,3 milhões) e teve queda de 1,27%, refletindo em boa medida a queda dos preços do petróleo no mercado internacional, em meio a sinais de aumento de oferta da commodity. Petrobras ON caiu 1,40%.

Paula Dias
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *