centro de diálisePacientes com doença renal crônica de todas as regiões do Espírito Santo passam a usar um novo espaço, de cerca de 500 metros quadrados de área construída, para sessões de hemodiálise no Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam-Ufes). O número de vagas de atendimento para este tipo de paciente vai aumentar em 40%.

Usam a estrutura os pacientes atendidos nos ambulatórios do Hucam, que evoluem para o quadro crônico de doença renal. Por sua vez, chegam aos ambulatórios os usuários do Sistema Único de Saúde que são referenciados por unidades básicas de saúde em todo o Espírito Santo.

O Hucam-Ufes está integrado à Rede de Atenção ao Doente Renal Crônico do SUS no Estado. O Centro de Diálise do Hucam realiza cerca de 450 hemodiálises por mês e, com a expansão, o espaço antigo foi adequado para  ser usado apenas pelos doentes renais agudos. O novo salão dispõe de infraestrutura para futuras expansões no número de atendimentos.

Foram cerca de R$ 1,7 milhão em investimento, metade por meio de doações e a outra com verba da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal que faz a gestão do Hucam-Ufes. Ao todo, o centro  tem agora 20 máquinas de hemodiálise: 12 delas no salão principal e as outras divididas para pacientes com doença renal aguda e equipamentos de reserva obrigatória para o caso de alguma pane nas máquinas titulares.

O atendimento ao doente renal crônico no Hucam é formado por uma equipe com psicólogo, enfermeiros, nutricionista, terapeuta ocupacional e assistente social. A abertura da expansão do Centro de Diálise do Hucam-Ufes ocorre na próxima sexta-feira (10), às 10h, no prédio principal do hospital universitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *