prfA Polícia Rodoviária Federal (PRF), no km 414 da BR 101, em Itapemirim, um homem com diversas passagens relacionadas a roubo de cargas.

Durante fiscalização na noite da última terça-feira (9), Policiais Rodoviários Federais abordaram o veículo VW/Voyage com dois ocupantes, que se mostraram bastante nervosos e contraditórios durante conversa com a equipe. Em consulta aos sistemas policiais, verificou-se que havia um registro de impedimento para o veículo no Detran.

Segundo a PRF, feita a entrega de documentos pessoais, equipe realizou consulta detalhada nos sistemas sem encontrar restrições no nome do motorista, mas percebeu que havia algo suspeito nas informações pessoais registradas no RG do passageiro, que ao ser questionado, revelou ter mentido seu nome, informando a verdadeira identidade.

Policiais verificaram que existia para o passageiro um mandado de prisão em aberto expedido pela Vara Única de Conceição do Castelo, pelo crime de roubo de cargas, ocorrido no dia 13 de abril.

Questionado sobre a procedência da identidade apresentada, o indivíduo informou a equipe da PRF que conseguiu Certidões de Nascimento com dois nomes falsos criados por ele, e tirou os novos documentos com informações falsas através de postos de atendimento ao cidadão, no norte do Estado.

Em 2011, o passageiro participou de um assalto à carga de pneus com mais três comparsas em Vila Velha. Após investigação da Polícia Civil, verificou-se que os acusados guardavam os pneus em um galpão no bairro Serra Dourada II, na Serra, local onde encontraram dois contêineres com 76 pneus, 439 skates e algumas sacas de café.

O suspeito também foi preso com um comparsa pela PRF em 2008, por crime de roubo de carga de cigarro, avaliada em R$ 70 mil, em Conceição do Castelo. Além dos registros criminais no Espírito Santo, o autor tinha outras passagens nos estados de Minas Gerias e Rio de Janeiro, todas pelo mesmo crime.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao passageiro. Ele foi encaminhado com o motorista e veículo apreendido à Delegacia de Polícia Civil de Itapemirim, para as providências cabíveis.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *