por Paulo Cesar Dutra

O governador Paulo Hartung (PMDB), mais conhecido nas rodas de botecos como “Baianinho”,  agora usando uma nova tática com os deputados estaduais governistas para impedir a criação da CPI da Cesan, ofereceu uma suculenta “peixada baiana” para os parlamentares no Palácio Anchieta para convence-los de que a “peixada” é melhor de que a “moqueca capixaba”. O resultado foi bom para o “Baianinho”, hoje de manhã, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa indeferiu o pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Cesan.

De acordo com informações, “Baianinho” achou por bem, enviar uma emenda para seu líder no Legislativo, deputado Gildevan Fernandes (PMDB) para colocá-la em um projeto do deputado Sérgio Majeski (PSDB), mesmo com o protesto do tucano, para dar o golpe fatal na intenção da criação da CPI.

O requerimento foi lido na sessão ordinária, juntamente com os pedidos dos deputados Padre Honório (PT), José Esmeraldo (PMDB) e Gilsinho Lopes (PR) para a retirada de seus nomes do documento. Isso foi possível com a publicação ontem, terça-feira (18), da Resolução que permite a retirada de assinaturas dos requerimentos após o protocolo do documento, reduzindo para 7 o número de deputados. Eram necessárias 10 assinaturas.

 O Padre Honório e José Esmeraldo não há o que se contestar, pois um não larga o osso e o outro sempre foi governista. Porém o deputado Gilsinho Lopes, foi uma decepção para a oposição. “Tremeu na base”. O requerimento da CPI partiu dos deputados Euclério Sampaio e Josias da Vitória e teve apoio dos deputados Sérgio Majeski (PSDB), Theodorico Ferraço (DEM), Marcos Bruno (Rede), Freitas (PSB) e Enivaldo dos Anjos (PSD).

Quem comeu a “peixada baiana” oferecida pelo “Baianinho” foi enfeitiçado pelo azeite de dendê, um laxante perigoso, e acabou protegendo o ex-presidente Paulo Ruy Carnelli, que está denunciado na Lava Jato e como se diz na gíria policial, “se for pendurado”…prefiro nem comentar!

 Peixada baiana substitui moqueca capixaba
Os empresários que defendem o “Baianinho” em homenagem a ele, fizeram um acordo, para divulgar no cardápio de que “peixada baiana” é melhor de que a “moqueca capixaba”. O “Baianinho” está com a corda toda!

Arcellor joga pó preto em Cariacica
O vereador de Cariacica, Renato Machado (PSDC) fez um pronunciamento hoje na Câmara Municipal, denunciando que a Arcellor Mittal está jogando pó preto nos ares de Cariacica. Além de poluir a cidade, de acordo com Renato Machado, a Arcellor se nega a atender os vereadores sobre essa questão.

Você viu a segurança por ai! Eu não!
A população capixaba está entregue às baratas na área da Segurança Pública. As reclamações são de norte a sul e de leste a oeste no Espírito Santo. O negócio está tão violento que bandido assalta bandido. Quando alguém e assaltado em Bom Jesus do Norte a polícia de lá manda a vítima procurar a polícia de Pedro Canário! É mole! Onde foi parar o artigo 144 da Constituição Brasileira!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *