dispositivos 3 ponteNo dia seguinte à maior interdição da Terceira Ponte desde a sua construção, a Agência Reguladora de Serviços Públicos anunciou nesta terça-feira (11) que realizará uma consulta pública para a instalação de um dispositivo que evitará a queda de pessoas da ponte.

De acordo com o diretor geral da Agência, Julio Castiglioni, o equipamento mais viável – grades compostas por hastes horizontais metálicas e cabos na posição vertical – será apresentado à sociedade para sua avaliação por 15 dias, a partir da próxima segunda-feira (17). “Esse conceito foi escolhido por ser mais econômico e manter, na medida do possível, a visualização do Convento da Penha e da Baía de Vitória”.

A medida foi uma das quatro formas de prevenção ao suicídio na via proposta pela Rodosol, empresa que administra a Terceira Ponte. A administradora chegou a propor a instalação de vidros por toda a ponte, mas, de acordo com Castiglioni, “a estrutura translúcida, não se mostrou viável, por condições financeiras e técnicas”.

Na avaliação apresentada pela Rodosol sobre o projeto, a projeção é de o dispositivo deva custar por volta de R$ 15 milhões. A obra será paga pelo Governo do Estado, pois por contrato a administradora não é obrigada a arcar com esse tipo de serviço. De acordo com a Arsp, a previsão é de que o dispositivo esteja instalado em 2019.

Depois da consulta pública e análise do Departamento de Estradas e Rodagem e da Arsp, que também deverá durar 15 dias, será aberto processo de licitação de oito dias úteis para escolha da empresa que fará a instalação. A obra levará eis meses para ser concluída e terá de ser feita em período noturno, a fim de não atrapalhar o trânsito na ponte.

“É necessário preservar a vida em todas as suas faces. Preservar a vida de quem tristemente quer atentar contra si na terceira ponte, mas também a vida das pessoas que precisam trafegar na via, inclusive para tratar da sua própria saúde” finalizou o diretor.

 

Com informações de Bárbara Caldeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *