Por Paulo César Dutra

Na tentativa, por enquanto baldada, de pôr fim à paralisação dos caminhoneiros, Temer editou ontem três MPs, as quais preveem, entre outros pontos, isenção de pedágio para eixos suspensos e tabela com valor mínimo para frete. Em razão disso, parte dos Tribunais brasileiros suspendeu os prazos processuais nesta segunda-feira, 28. Algumas Cortes também anunciaram a suspensão de audiências, julgamentos e do expediente. Mas a situação alarmante está por vir. É porque, pela primeira vez, a Central Única dos Trabalhadores – CUT conseguiu mobilizar parcela significativa dos petroleiros. Eles vão parar essa semana, e tudo pode piorar.

As refinarias de petróleo funcionam continuamente. Mas sem ter como escoar a produção, as plataformas começam a parar a partir de hoje. Para retomarem o funcionamento serão necessárias ao menos 48 horas. Várias empresas trabalham em situação intermitente, de modo que as máquinas não podem ser desligadas, pois se isso acontece elas requerem manutenção grande e não podem ser religadas imediatamente. Aos poucos elas estão parando.

A situação de criação de animais é dramática. Quem entende um pouco sabe que granja de frangos ou porcos tem o dia “X”. Passado ele, o granjeiro começa a jogar dinheiro fora. Isto é, se tiver ração estocada. Se não tiver, os animais começam a se canibalizar.

Plim plim

A Globo está numa onda contra a paralisação. É nítida a parcialidade no noticiário. Como não retrata a realidade, já que parcela significativa da sociedade entende pertinente o movimento, a emissora começou a ser hostilizada pelos caminhoneiros.

Plim plim II

Ontem, domingo, 27, o apresentador Faustão, Rede Globo, não mediu palavras para se referir, em tom de críticas, ao governo e à greve dos caminhoneiros durante o programa ‘Domingão’ desta semana. Ele disse que “todo mundo espera que essa situação se normalize. Não só porque são justas as reivindicações dos caminhoneiros, mas tem que ver que a população que fica no meio, entre a incompetência e lentidão do governo e a Justiça. O que não pode é descontar no povo, que já é maltratado e humilhado”, disparou.

Plim plim III

“Os dois lados têm que ter autocrítica. O governo, que poderia ter resolvido antes, já que desde o ano passado está esse assunto, e do outro lado os caminhoneiros que tenham agora bom senso. Boa parte da população já entendeu que a causa é justa, só precisa uma dosada se não a coisa engrossa e pior do que está não pode ficar”, disse Faustão. (Com informações da revista IstoÉ).

Governo fraco

O governo vai dando adeus. Sem eco na sociedade, porque não representa ninguém, o governo vai definhando.

Uai…

Alguém aí ouviu falar de Moreira Franco, o ministro das Minas e Energia, que deveria estar tratando da política de combustível?

José Ignácio homenageado

O ex-governador José Ignácio Ferreira vai receber da Assembleia Legislativa do Espírito Santo – ALES a Comenda Ordem do Mérito Domingos Martins por sua trajetória quando administrou o Espírito Santo de 1º de janeiro de 1999 a 31 de dezembro de 2002. A indicação foi da deputada Luzia Toledo (MDB). Um dos destaques foi a Segurança Pública quando reduziu em quase 100 % os assaltos a bancos e a outros comércios e a residências. Recebeu o governo com três folhas de pagamento atrasadas e conseguiu colocá-las em dia e manteve o pagamento religiosamente em dia até os últimos 10 meses de governo, ressalvados os meses de novembro e dezembro de 2002, e o 13º mês do pessoal. Ele assumiu o governo com receita líquida disponível de R$ 100 milhões mensais. A despesa mensal era de R$130 milhões. Retirou o Estado de um resultado primário de R$ 571 milhões negativos, e o reverteu para mais de R$ 100 milhões positivos.

Givaldo presidente

O deputado federal Givaldo Vieira que deixou a sigla do PT e se filiou no PCdoB, tomou posse na presidência do partido comunista no último sábado. Ele garante que o partido vai eleger dois deputados.

Gilmar nega

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal-STF, curiosamente, negou o pedido de habeas corpus para o prefeito de Itapemirim, Luciano Paiva (Pros), mais conhecido como “Entra e Sai” para que o chefe do executivo municipal retornasse ao poder. Dizem as más línguas que o cofre da Prefeitura está abarrotado de dim-dim.

Ferramenta do TCES

Li matéria sobre a “nova ferramenta” do Tribunal de Contas do Espírito Santo –TCES para receber denúncias de irregularidades! E a “velha ferramenta” das denúncias foi para o lixo? Fiz uma denúncia usando a “velha ferramenta” sobre a irregularidade de uma obra que foi abandonada em Cariacica e o dim-dim sumiu, mas, até hoje, não tive resposta. Será que se reapresentá-la na “nova ferramenta” vou ter resposta? Meu e-mail é dutra7099@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *