menor camuflado sem rostoCinco dias após a prisão de Hudson Loureiro Xavier, suspeito de chefiar a parte financeira do tráfico de drogas do Bairro da Penha, a polícia conseguiu deter seu filho, de 17 anos, que também suspeito de envolvimento com o tráfico.

Junto com ele outras seis pessoas foram presas, Alan Rodrigues das Neves Gomes, de 18 anos, Eberth Barbosa Ramos, 21 anos, Victor Messias Teixeira, 22 anos, Sebastião Antônio dos Santos Junior, 21 anos e dois adolescentes de 15 e 16 anos. De acordo com o Comandante da Força Tática do 1º Batalhão, tenente Almeida alguns dos detidos possuem envolvimento com o triplo assassinato ocorrido no moscoso. 

“Esses suspeitos atuam no complexo da Penha e já estavam circulando por essa área de mata por alguns dias e possivelmente atacariam algum outro morro, por isso nós fizemos essa operação desde a área do moscoso até no Conquista. Alguns dos presos tem envolvimento com o triplo homicídio do Moscoso e outro é suspeito de um homicídio na Serra” Afirma o Tenente

A policia chegou aos suspeitos após receber um chamado, via 190, com informações que cerca de 20 indivíduos estariam rondando pelas ruas do bairro fortemente armados. No momento da abordagem, que aconteceu no Bairro Conquista, em Vitória, por uma equipe da Força Tática da Policia Militar, os indivíduos efetuaram muitos disparos contra a guarnição, que revidou a agressão.

Material Apreendido em conquista

Com os suspeitos foram apreendidos uma pistola, calibre .40, com seletor de rajada, mira laser e carregador com capacidade para 15 munições; uma pistola, de calibre 380, também com carregador com capacidade para 15 munições; uma camisa e duas calças camufladas; uma caderneta com anotações do tráfico; 10 papelotes e seis pinos de cocaína; cinco buchas de maconha; cinco rádios comunicadores e duas bases para rádio; três aparelhos celulares, além de um repelente e uma bolsa com colchonete, material utilizado para esconderem-se na mata.

Em um dos celulares apreendidos, a polícia encontrou uma foto de seis dos detidos vestidos com a roupa camuflada em uma área de mata e segurando armas para cima, a imagem havia sido postada em uma rede social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *