Foto: Matheus de Oliveira
Foto: Matheus de Oliveira

Em meio à crise, eles se realizam usando suas habilidades para trabalhar de forma autônoma

A frase ficou famosa: “em meio à crise, crie!”. Mas eles foram além. Em meio à crise, potencializaram suas habilidades, estão criando, se sustentando e se realizando. Enquanto o desemprego continua crescente no País – são mais de 14 milhões de desempregados no Brasil – há quem mostre que é possível se reinventar e aumentar seus lucros transformando em trabalho o que gostam de fazer.

O rapper Philippe Bermudes, conhecido como PH, decidiu usar as rimas que tanto ama fazer como forma de marketing para vender biscoitos casadinhos nos coletivos da Grande Vitória. Após sair de seu emprego como técnico em equipamentos odontológicos, o jovem de 23 anos, investe em seu talento para vencer a crise e conta com uma ajudinha da mãe.

“Minha mãe fazia um casadinho muito bom e perguntei se ela faria para eu vender. Com essa crise ela aceitou. Sempre entrava no ônibus e vinha um vendedor de bala, muitas vezes mais de um e com o mesmo discurso. Ou entregava um papel e muita gente nem lia. Decidi que eu tinha que fazer diferente, tinha que fazer algo que chamasse a atenção”, contou o rapper.

Ele trabalha de segunda a sábado em dois turnos e afirma que faz cerca de R$ 200 por semana. “Eu queria me dedicar mais ao rap e precisava de um dinheiro. Como eu sei rimar, isso foi automático. Estamos aí até hoje. Juntei o útil ao agradável”, disse PH.

Fabrício Schibuola conseguiu dobrar seus lucros com hamburgers. Após ser demitido, no final de 2016, ele se profissionalizou no que antes era um lazer. Desde o ano de 2009 mantinha, como hobby, o blog Hambúrguer Perfeito, o primeiro especializado em hambúrgueres artesanais no Brasil. Sua demissão do mundo corporativo foi o empurrão necessário para viver do que lhe dá prazer.

“Trabalhei oito anos em ambiente corporativo, mas foi algo que nunca me enquadrei. Estava muito desiludido com o mercado e o ambiente corporativo, e a todo momento me perguntava se conseguiria viver do blog. No fim do ano passado fui desligado da empresa e foi o gatilho para me empenhar de fato no negócio. Compramos domínio, fizemos um layout legal, canal no YouTube, Instagram, Facebook… começaram a aparecer grandes empresas e hamburguerias interessadas em anunciar e aparecer nas nossas mídias”, relatou o empresário, que se mostra realizado.

Hamburgueria
Também no ramo das hamburguerias, o designer gráfico Felipe Araújo, 33, resolveu inovar junto ao empresário Diego Monteiro, 32. A crise levou os empresários a se reinventarem. Onde existia um salão de beleza, eles criaram alo a mais: o salão está lá, das 9h às 19 horas, e depois o espaço vira a hamburgueria, cujos pratos foram batizados com nomes de cortes de cabelo. O ambiente é decorado nos moldes dos pubs ingleses. O Salão Pubburguer é localizado no Centro de Vitória.

“Em meio a uma conversa, após a inauguração de uma hamburgueria, cuja decoração e publicidade foi feita por mim, surgiu então uma parceria, de ampliar a visão quanto ao negócio (salão). Acreditamos que, por se tratar de um local carente, o Centro de Vitória seria o melhor lugar para receber esse novo espaço, onde você cuida do seu visual, ouve um som agradável e ambiente, e ainda se delicia com a nossa culinária gourmet preparada com muito amor e dedicação”, explicou Felipe.

Elas investiram no trabalho manual

Após sair de seu antigo emprego, como assessora parlamentar, Anabel dos Reis, 47, se juntou à uma vizinha que trabalhava com artigos decorativos para festas. Dali surgiu a Ponto Alto Festas e Decorações. Hoje, além de decorar festas, a dupla faz peças de artesanato, almofadas, lembranças para casamentos, além de trabalhar com o buffet. A varanda da casa é o local de exposição das artes e guloseimas.
“Foi uma oportunidade. Quando meu sogro faleceu a intenção era alugar a parte dele da casa, mais aí surgiu a proposta logo após minha saída do emprego. Eu entrava com o local e ela com as coisas dela para fazermos o trabalho. Montamos um painel na frente da casa e as pessoas que passam podem ver, compram e aí vão surgindo os convites”, disse Anabel.

Após sofrer um acidente de carro, Mariana Galon teve que sair de seu trabalho em um consultório odontológico e, como se viu limitada fisicamente e com tempo vago, decidiu fazer um curso de scrapbook. Hoje ela trabalha sob encomenda produzindo cartões, embalagens de papelão revestidas com tecido, caixas multiuso e outros. Ela faz os seus próprios horários no Ateliê Lindos de Viver by Mari.
“Hoje já são dois anos trabalhando com isso. Não é fácil conciliar tudo, mas vamos nos adequando para poder atender os clientes da melhor forma possível. Me sinto realizada”, conta a artesã.

CURSOS E QUALIFICAÇÕES GRATUITAS:

Oportunidades Vitória:
Cursos:
Administração de estoque e armazenamento; almoxarife; bordado em tecido; confecção de bijuterias; customização: transformando roupas usadas em peças novas; decoração de festa; editor de vídeos; empreendedorismo: criando e planejando negócios; fotografia; informática básica; inglês básico; maquiador; maquiagem de festas; porteiro; recepcionista; recepcionista de eventos; vendas pela internet.
Inscrições: Até 18 de junho em www.oportunidades.es.gov.br (mais informações no site também)

Oportunidades Cariacica:
Cursos:
Administração de estoque e armazenamento; Almoxarife; Confeitaria básica; Customização: transformando roupas usadas em peças novas; Decoração de festa; Desenhista de moda; Empreendedorismo: criando e planejando negócios; Inglês básico; Informática e documentos para escritório; Instalador de redes de computadores; Maquiador; Maquiagem de festa; Matemática essencial; Panificação; Recepcionista; Recepcionista de eventos; Vendedor.
Inscrições: Até 18 de junho em www.oportunidades.es.gov.br (mais informações no site também)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *