rodoviaria_vitoria_1-174399

Chegou o feriado do Dia da Independência e o movimento na rodoviária de Vitória será intenso.  A administração estima que cerca de 7.500 pessoas devem deixar a capital para aproveitar o recesso. Serão 350 ônibus (150 extras) para atender a demanda.

A maior procura de passagens é para cidades no interior e litoral do Espírito Santo, com destaque para Castelo e Domingo Martins. Rio de Janeiro, Campos, Brasília, Belo Horizonte, Governador Valadares, Ipatinga, Timóteo, São Paulo, Porto Seguro, Teixeira de Freitas e Salvador são os destinos mais buscados fora do Estado.

É importante ficar atento quanto a autorização de viagem, fornecida para menores pelo Plantão do Tribunal de Justiça através do telefone 3334-2000. Além disso, a passagem deve ser conferida no ato da compra (data, horário, plataforma e destino); e não esqueça o documento de identidade!

Telefones para verificar disponibilidade de passagens:

Águia Branca (4004-1010/3222-7436)

Itapemirim/Kaissara (3222-6787)

União (3322-0980)

Planeta (3223-5761/3223-6126)

São Geraldo/Gontijo (3223-0477)

Alvorada (3223-2718)

Rio Doce (3223-5127)

Pretti/Real (99707-4006)

Lírio dos Vales (3222-1477)

Planeta (3223-5761/3223-6126)

Aeroporto de Vitória

No Aeroporto Eurico de Aguiar Salles, em Vitória, a administração informou que entre os dias 5 e 11 de setembro a movimentação será 3% maior em comparação ao mesmo período do ano passado. A expectativa é que 60 mil pessoas embarquem e desembarquem durante o feriadão da independência.

Cometários

  1. Só quem viaja para Cachoeiro de Itapemirim sabe como é ruim a Viação Planeta, que atende a ligação da capital com a maior cidade do sul do estado.
    Além do péssimo serviço, como que a ligação de uma capital com a maior cidade do sul do estado tenha ônibus apenas até às 20:00?
    E quem se desloca de Cachoeiro de Itapemirim para alguma cidade do sul do estado, é atendido pela horrível e péssima Viação Costa Sul, que consegue ser pior que a Viação Planeta.
    Sinal que o DER não dá as suas caras por lá.
    Aliás,quantos capixabas sabem o que é DER?
    Qual a intenção de um órgão se manter às escondidas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *