Na tarde desta quarta-feira (02), o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (Iema) emitiu a licença de operação do canteiro de obras, que vai atender a intervenção de duplicação da BR 262. De acordo com o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Aladim Cerqueira, serão cerca de 7 km duplicados em Marechal Floriano, 3,5% da quilometragem da rodovia em terras capixabas.

O canteiro de obras vai receber a usina de produção de asfalto a quente, a usina de solos e britagem, oficina de manutenção mecânica, lavagem de veículos, abastecimento e central de concreto. O início das obras agora depende do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que afirmou que estas devem começar em breve no trevo de Paraju.

WhatsApp Image 2018-05-02 at 17.24.58Para Aladim Cerqueira, a emissão dessa licença demonstra a realização de um bom trabalho em equipe. “A BR- 262, tem um traçado dentro de uma região muito acidentada, muitos fragmentos florestais, muitos trechos de rios, muitos afloramentos rochosos, então tem que fazer uma gestão muito bem feita de um ponto de vista ambiental”, explica o secretário.

Como o próprio Governador Paulo Hartung citou, o inicio das obras representam “quase um desenterrar de uma cabeça de burro”, pois se trata de uma obra importante que traz segurança para o usuário da via e gera emprego, renda e movimenta a economia do estado.

No evento que aconteceu no gabinete do governador, foi assinada também a ordem de serviço para implantação de um novo sistema de sinalização horizontal e vertical nos municípios de, Santa Leopoldina, Marilândia, Pedro Canário, Vargem Alta, Mantenópolis e Aracruz.

Segundo a direção do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), ao todo, agora são 47 municípios com ordem de serviço de sinalização viária, horizontal e vertical no Espírito Santo. “É isso que a gente precisa num transito mais humanizado, num transito mais seguro. Proporcionar as condições adequadas de circulação nas vias municipais”, relata o diretor geral do Detran, Romeu Sheibe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *