O Corinthians começou o ano com novidades no departamento de futebol. A diretoria do clube comunicou nesta quinta-feira a saída do gerente de futebol Alessandro, que estava no cargo desde o início de 2014. Uma reunião pela manhã selou a saída do dirigente, que terá como substitutos na função o ex-zagueiro Vilson e o ex-atacante Emerson Sheik. Os dois vão dividir as ocupações.

O diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, anunciou as mudanças em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. “A gente vem fazendo uma reformulação no departamento. Tem a volta da comissão técnica. Tivemos reunião com Alessandro e resolvemos que paramos o ciclo aqui em comum acordo. É um grande amigo, um cara que tenho que agradecer pela amizade”, afirmou.

Alessandro estava há 11 anos no Corinthians, incluindo o período como jogador, quando foi capitão em campanhas vitoriosas, como nos títulos do Campeonato Brasileiro, de 2011, e a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes no ano seguinte. O contrato dele terminou em dezembro e um dos possíveis destinos dele pode ser o Flamengo, time pelo qual atuou como jogador. “Quero continuar com essa função de gerir um departamento de futebol”, explicou ele, que negou a existência de atritos.

O novo cargo será compartilhado por dois ex-jogadores recém-aposentados. Ídolo do clube, o atacante Emerson Sheik, de 39 anos, se despediu da carreira como jogador no fim de 2018, com direito a um jogo comemorativo na Arena Corinthians. Já Vilson, ex-zagueiro, decidiu se despedir do futebol em dezembro, depois de enfrentar seguidas lesões e duas cirurgias no joelho em 2017.

“Emerson pela história, por tudo o que já fez no Corinthians, entendemos que ele pode fazer essa ligação de atleta e diretoria. Vilson também é diferenciado, inteligente e nos ajudou muito no dia a dia nos últimos anos. Acreditamos que pode nos entregar o que a gente procura. É pelo perfil dele”, disse Duílio. Outra possível mudança na diretoria é a nomeação de Eduardo Ferreira na gestão do time sub-23.

Na comissão técnica do elenco profissional, o clube repatriou o técnico Fábio Carille. Bicampeão paulista e campeão brasileiro pelo clube, ele retorna depois de uma passagem pelo Al Wehda, da Arábia Saudita.

Ciro Campos
Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *