Foto: Bárbra Greco
Foto: Bárbara Greco

A EDP Escelsa anunciou nesta segunda-feira (05), o plano de investimentos 2018 para o Espírito Santo. De acordo com a concessionária, as obras irão garantir uma melhora na qualidade do serviço prestado aos consumidores, ou seja, riscos menores de problemas como quedas de energia.

As obras englobarão expansão e melhorias na rede, combate as perdas causadas pelos roubos de energia e otimização nas áreas de telecomunicações e informática e terão um investimento de R$300 milhões, visando interferir na qualidade energética nos municípios da Grande Vitória e do Interior do Estado.

Somente no combate aos roubos de energia serão investidos cerca de R$ 50 milhões. De 2014 até 2018 foi registrada uma queda de 33% no número de roubos, e a meta é de que o número desses roubos seja ainda menor.

Estas obras representam o maior plano de investimentos da empresa desde a sua chegada ao Espírito Santo. “Avançamos em todas as prioridades estratégicas definidas no último ano, o que nos permitiu entregar os resultados superiores e elaborar um plano de investimentos ainda mais robusto para 2018, que contempla obras que são fundamentais, como a ampliação e modernização de subestações e linhas de distribuição, para suportar o aumento da demanda e antecipar o crescimento econômico do Estado”, destaca João Brito, diretor da EDP Espírito Santo.

Linha de Transmissão

Também serão investidos outros R$116 milhões em uma nova linha de transmissão entre os municípios de Linhares e São Matheus. Essa obra diminuirá a sobrecarga do sistema existente na Região Norte/Nordeste do Espírito Santo no curto prazo.

Essas obras, segundo o diretor técnico da EDP Transmissão, Fernando Saliba, irão gerar cerca de 300 novos empregos e benefícios para 500 mil habitantes da região. “O empreendimento reafirma o nosso compromisso com o Espírito Santo, consolidando a atuação da Empresa em investimentos que promovem o reforço no sistema de transmissão necessário ao crescimento econômico e desenvolvimento das cidades capixabas, gerando emprego e renda além de permitir maior confiabilidade e melhor qualidade de serviço dentro de elevadas condições técnicas e de segurança”.

Ao todo serão investidos em todo estado 40% a mais que em 2017. Cada uma das obras faz parte de uma medida de prevenção para os aumentos de tensão previstos para o futuro, garantindo que o Estado continue tendo uma das maiores qualidades de energia do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *