O candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), negou estar envolvido em escândalos de corrupção ou outras irregularidades. “Quero lembrar ao meu querido amigo (Fernando) Haddad que tem muita gente que não é investigada por corrupção no Brasil. Eu, Ciro Gomes, não sou investigado”.

Ciro declarou que “desafia qualquer pessoa a mostrar qualquer envolvimento meu em qualquer irregularidade, nem que seja para ser absolvido”, disse a jornalistas ao responder sobre notícia do jornal O Globo de que estaria em delação da Galvão Engenharia protocolada no Supremo Tribunal Federal (STF).

Perguntado sobre essa delação, o presidenciável disse que ficou sabendo dela hoje pela imprensa. “Não há a menor probabilidade, nenhuma chance de meu nome estar envolvido em qualquer tipo de irregularidade”, disse ele.

Ciro disse que seus adversários Haddad e Geraldo Alckmin é que respondem por denúncias de corrupção. “Eu não respondo por nenhuma acusação. Não vamos misturar alhos com bugalhos, porque é isso que interessa aos fascistas do Brasil, pegar as pessoas e jogar tudo na vala comum.” (Altamiro Silva Junior – altamiro.junior@estadao.com)

Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *