Entre 2015 e 2016, o Espírito Santo viveu a pior crise hídrica dos últimos 80 anos. Para evitar que a população sofresse ainda mais com falta de água e racionamento, o governo anunciou a construção de barragens e reservatórios. No entanto, as obras pouco avançaram. Nesta quinta-feira (30), foram anunciadas a construção de outras Cinco novas barragens: em Colatina, São Roque do Canaã e Sooretama. O prazo para a construção das obras é de 180 dias e o investimento será de mais de R$5,4 milhões.

Por:  Larissa Barcelos (redacao@eshoje.com.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *