As exportações e importações da China se expandiram em janeiro e Pequim está confiante de que o comércio externo do país irá se estabilizar, apesar dos crescentes obstáculos em meio à desaceleração da economia global e incertezas relacionadas às negociações comerciais com os Estados Unidos, afirmou hoje Chu Shijia, um alto funcionário do Ministério de Comércio chinês.

Dados preliminares do ministério mostram que o comércio externo da China cresceu no mês passado, de acordo com Chu. Os números oficiais vão ser divulgados na madrugada de quinta-feira (14).

Em dezembro, as exportações chinesas sofreram queda anual de 4,4% e as importações caíram 7,6% na mesma comparação.

Economistas consultados pelo Wall Street Journal estimam que as exportações da China recuaram 4,1% no confronto anual de janeiro e que as importações sofreram redução de 11%.

Wang Bing, supervisor de mercados do Ministério, disse esperar que o avanço no consumo da China desacelere mais em 2019, depois de a fraca demanda por carros pesar nas vendas do setor varejista no ano passado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *