encontro em BSBOs governadores do Espírito Santo, Paulo Hartung, e do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, se reuniram na tarde desta terça-feira (14) com o presidente da República, Michel Temer, para defender a criação de uma ligação ferroviária entre os dois estados. Durante o encontro, Temer acolheu o pleito em demanda, que já está em análise pelos órgãos federais competentes. O encontro foi realizado no Palácio do Planalto, em Brasília.

Além de Hartung e Pezão, também participaram os representantes das bancada federal do Rio e Espírito Santo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e o deputado Federal,  Lelo Coimbra, respectivamente. O governador Paulo Hartung destaca que foi uma audiência satisfatória com boas perspectivas e que a expectativa é que a decisão do governo federal seja comunicada nos primeiros meses de 2018.

A concessão da ferrovia Vitória-Minas, controlada pela Vale, tem validade até 2026. A negociação para a renovação da concessão da malha ferroviária está em trâmite no governo federal na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Além disso, também tramita na ANTT uma solicitação da concessionária MRS para renovar a concessão da ferrovia que liga o Rio de Janeiro e Minas Gerais.

“Nossa reunião com o presidente foi para reforçar o interesse dos governadores de que os recursos utilizados pelas concessionárias para renovação das concessões das ferrovias no Espírito Santo e no Rio de Janeiro sejam aplicados nos próprios estados. Assim, viabilizariam a construção de um trecho saindo do RJ para o ES e de outro saindo do ES para o RJ – com uma vantagem que do lado capixaba teríamos a malha ferroviária Vitória-Minas conectada neste novo projeto. Neste cenário, o trecho restante para conectar os dois estados será mais atraente para despertar participação da iniciativa privada”, explica Hartung.

A reunião com o presidente sucede um ato público realizado na última quarta-feira (08), no Porto de Açu, em São João da Barra (RJ), onde capixabas e cariocas definiram a ferrovia como fator logístico estratégico para desenvolver a área litorânea da Região Sudeste do país. Em carta pública assinada pelos governadores, é solicitado prioridade na construção da ligação ferroviária e que seja considerado o uso de recursos oriundos de prorrogações das concessões ferroviárias.

Logística
A ligação ferroviária entre Rio de Janeiro e Espírito Santo é uma obra importante para o desenvolvimento nacional. A ferrovia interligará os principais terminais portuários privados existentes ao longo da costa – com destaque para o Porto do Açu e para o Porto Central –, constituindo uma alternativa logística para o escoamento de cargas originadas do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil, dentre as quais produtos manufaturados e commodities agrícolas e minerais.

O investimento na ferrovia é importante para aumentar a competitividade do transporte de produtos petroquímicos, minério de ferro, grãos, siderúrgicos, entre outros, com redução do custo logístico de transporte e melhor o escoamento e comercialização de produtos nos mercados interno e externo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *