Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Brasil e Uruguai formaram um acordo para ampliar a circulação de pessoas entre os dois países. A medida, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de sexta-feira (7), reduz os trâmites burocráticos para residência ou visto permanente.

Agora, os cidadãos não precisam mais cumprir a exigência de tempo prévio de residência temporária. Só será necessário apresentar documento de identidade expedido no país de origem e certidão negativa de antecedentes penais e judiciais no país onde vivia.

Para ingressar com o pedido de visto permanente é preciso procurar o consulado brasileiro e apresentar a documentação à Polícia Federal ou à Secretaria Nacional de Justiça. Já no Uruguai, esse trabalho cabe à representação diplomática ou à Direção Nacional de Migração. Todo o trâmite é gratuito.

Quem obtiver o direito à moradia permanente pode trabalhar no país nas mesmas condições que os nativos. O acordo ainda deve ser ratificado pelos dois países e só passa a valer um mês depois da assinatura.

Fonte: Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *