O Corpo de Bombeiros encontrou na tarde deste domingo, 6, nos escombros do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou na terça-feira, 1º, partes de uma arcada dentária superior e inferior e partes de um rosto.

Segundo o tenente Guilherme Derrite, provavelmente seja do morador Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro,que morreu quando o prédio desabou.” O material foi coletado e o Instituto Médico Legal (IML) realizará um exame para confirmar se os restos mortais são do Ricardo”, disse Derrite.

No local também foi encontrado uma corda com 15 metros. De acordo com o tenente, a corda apresentava uma ruptura e, possivelmente, seja a que Ricardo estava segurando na hora em que caiu.

O trabalho do Corpo de Bombeiros continua na retirada dos entulhos. Segundo o tenente a remoção dos escombros deve durar mais dez dias.

Ana Paula Niederauer
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *