O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira, 13,, pelo Twitter, que tomou conhecimento que a Caixa Econômica Federal gastou este ano R$ 2,5 bilhões em publicidade e patrocínio, o que qualificou de “um absurdo!”.

Bolsonaro, que voltou nesta quinta para o Rio de Janeiro, onde reside, após passar quase toda a semana em Brasília, acompanhando a equipe de transição, disse que vai rever também contratos de diversos setores. “Iremos rever todos esses contratos, bem como os do BNDES, Banco do Brasil, Secom e outros”, disse no Twitter.

Denise Luna
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *