Os mercados acionários americanos encerraram o pregão desta quarta-feira, 23, em alta, recuperando-se das vendas vistas ao longo da tarde, quando os temores de um impacto econômico mais acentuado do que o previsto nos Estados Unidos falaram mais alto.

O índice Dow Jones chegou ao fim do dia em alta de 0,70%, cotado a 24.575,62 pontos; o S&P 500 subiu 0,22%, para 2.638,70 pontos; e o Nasdaq avançou 0,08%, para 7.025,77 pontos.

Os temores de desaceleração do crescimento global, particularmente na China, balançaram os mercados nas últimas semanas à medida que analistas temem que a demanda por uma ampla gama de produtos e commodities mostre enfraquecimento este ano. No entanto, eles disseram que algumas dessas preocupações diminuíram após uma combinação de balanços acima do esperado em diversos setores. A IBM (+8,46%), a Comcast (+5,49%), a United Technologies (+5,38%) e a Procter & Gamble (+4,87%). “Os números não são astros do rock, mas são bons o suficiente”, disse o gerente de portfólio da Gradient Investments, Jeremy Bryan. “Isso confirma a tese de que estamos diminuindo a velocidade, mas não parando.”

Com alguns analistas ainda preocupados quanto ao rumo das taxas de juros nos Estados Unidos, os investidores também observam a paralisação parcial do governo americano. Em entrevista à CNN, o diretor do Conselho de Assuntos Econômicos da Casa Branca, Kevin Hassett, disse que a economia americana pode ter crescimento nulo no primeiro trimestre se o shutdown continuar.

“Quando o mercado está incerto sobre o que vem pela frente, ele tende a oscilar para cima e para baixo com mais frequência”, apontou Liz Young, estrategista sênior de investimentos da BNY Mellon Investment Management. Fonte: Dow Jones Newswires.

Estadao Conteudo
Copyright © 2019 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *