Contando já ter maioria no MDB para ser escolhido como candidato a presidente, o ex-ministro Henrique Meirelles rebateu, nesta segunda-feira, 16, críticas do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que vem trabalhando contra sua pré-candidatura e a favor de o partido liberar os diretórios regionais.

Após Renan chamar Meirelles de “ridículo”, o ex-ministro afirmou que o movimento contra sua candidatura é “minoritário e isolado” e que serve para mostrar quais são as diferenças de opiniões e “história pessoal”.

“Sempre encorajei a divergência de opiniões, acho positiva para a democracia, para o Brasil e principalmente para traçar diferenças e demonstrar quais são as opiniões e qual é a diferença de história pessoal”, disse Meirelles, quando perguntado sobre o movimento e a declaração de Renan.

Daniel Weterman
Estadao Conteudo
Copyright © 2018 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *