Lixo jogado nas ruas atrapalha escoamento da chuva e causa alagamentos. Foto:Prefeitura de Vila Velha
Lixo jogado nas ruas atrapalha escoamento da chuva e causa alagamentos. Foto:Prefeitura de Vila Velha

A tecnologia vai auxiliar os moradores e a Prefeitura de Vila Velha no trabalho de fiscalizar e punir o descarte irregular de lixo. O município será o primeiro do Estado a realizar o monitoramento online dos Resíduos da Construção Civil (RCC), através do aplicativo para smartphones “Coletas Online”.

A apresentação foi realizada na tarde da última quarta-feira (10), no auditório da Prefeitura de Vila Velha. Na ocasião, foi assinada a Ordem de Serviço para que a empresa contratada possa começar a operar o sistema. Por meio do aplicativo, a população poderá denunciar ou informar sobre o descarte irregular de resíduos de construção civil e em aterros.

O “Coletas Online” é um programa que viabiliza o Controle de Transporte de Resíduos (CTR Eletrônico), e será utilizado pela Prefeitura, integrando os elos da cadeia de resíduos da construção civil, que são os geradores (pessoas ou empresas), os transportadores (caçambeiros) e os receptores (aterros e outros pontos regulares de entrega).

O CTR Eletrônico será gerido pela Prefeitura. Já o aplicativo será um instrumento para utilização da população, de modo que cada munícipe poderá ser integrado ao sistema por meio do “Coletas Online” e participar dos esforços para
manter a cidade limpa.

“É um sistema que estamos implantando em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e outros órgãos de controle ambiental. Faremos a gestão dos transportadores de resíduos da construção civil e isso vai ajudar a eliminar pontos viciados de lixo, além de contribuir para a destinação correta dos resíduos, propiciando a logística reversa do reuso desse material. A iniciativa vai colaborar também para a preservação ambiental e o embelezamento da cidade”, afirmou a secretária municipal de Serviços Urbanos (Semsu), Marizete de Oliveira Silva.

A empresa CSJ Sistemas, de São José dos Campos (SP), responsável pelo aplicativo, foi a vencedora do pregão eletrônico promovido pela Prefeitura. O aplicativo estará disponível para download para smartphones com sistema operacional Android e poderá ser utilizado também em aparelhos com o sistema IOS.

Outras grandes cidades como São Paulo, além de Fortaleza, Rio de Janeiro, Uberlândia e Campo Grande utilizam o sistema e acumulam importantes indicadores, como o aumento do transporte regulamentado, a diminuição do descarte e da poluição de áreas irregulares, gerando economia de recursos públicos.

Vantagens

Com apenas um clique na tela do celular será possível o cidadão enviar uma foto e informações de pontos onde o entulho estiver sendo descartado irregularmente. Fiscais da Coordenação de Posturas da Semsu, agentes da Guarda Municipal e servidores da Fiscalização Ambiental serão acionados pelo aplicativo para averiguar as irregularidades. Com a ajuda da população, a Prefeitura poderá realizar a limpeza e monitoramento dos pontos viciados da cidade.

Outra funcionalidade será, por exemplo, possibilitar que o cidadão possa verificar se uma caçamba que está na sua rua possui a autorização municipal. Caso a caçamba esteja irregular, o munícipe pode enviar uma denúncia (anônima ou não), pelo celular e acompanhar o desdobramento.

O sistema permite a emissão sem burocracia de uma CTR Eletrônica com liberação imediata, depois acompanhar a movimentação dos veículos e caçambas, além de verificar o despejo final dos resíduos nos locais autorizados, que comunicam no mesmo processo que recebeu o descarte.

O processo completo permitirá o acompanhamento do resíduo até o descarte adequado. A ideia é garantir que o entulho não seja jogado em locais irregulares, o que degrada o meio ambiente e causa grandes transtornos para a população e para a administração pública.

Por meio do Coletas Online, a Prefeitura e toda a população poderá acompanhar o ciclo de geração, transporte e descarte dos restos de construção. O aplicativo será um instrumento de educação ambiental, pois fornecerá informações úteis acerca das regras de manejo dos resíduos da construção civil, de acordo com a legislação e normas da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *