dengue-10302O Espírito Santo registrou, em todo o ano de 2017, mais de 15 mil casos de doenças causadas pelo Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika vírus e Chikungunya. Segundo dados fechados pela Secretaria de Estado da Saúde, Sesa, foram notificados 11.645 casos de dengue no Espírito Santo entre 1º de janeiro e 30 de dezembro do ano passado. Destes, 290 são casos graves. No mesmo período, a taxa de incidência da doença no Estado ficou em 293,05.

O número de casos de infecção pelo zika vírus no estado chegou a 520, enquanto foram notificados 1492 casos de Chikungunya. As cidades que mais registraram ocorrências nas três doenças foram Afonso Claudio e Aracruz.

Óbitos
Os dados divulgados pelo estado apontam que a situação está sob controle no território capixaba, contudo, não se pode comemorar. O mosquito matou nove pessoas por complicação de dengue e mais uma com Chikungunya.

A Secretaria de Saúde informa que o vírus da Chikungunya ainda tem circulação em 22 municípios: Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Conceição da Barra, Guaçuí, Guarapari, Jerônimo Monteiro, Linhares, Marechal Floriano, Montanha, Nova Venécia, São Mateus, Serra, Vargem Alta, Viana, Vila Velha e Vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *