Foto: internauta
Foto: internauta

Um acidente envolvendo um ônibus de viagem da Viação Águia Branca, uma carreta e duas ambulâncias na altura do KM 343, da BR 101, em Guarapari, interdita os dois sentidos da via nesta quinta-feira (22). A interdição acontece próximo ao trevo do município.  Foram confirmados, até às 11h40, 17 mortos (o número pode aumentar) e 15 vítimas levadas para hospitais com diversos ferimentos.

Quem precisa chegar a Guarapari, a Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES) orienta o motorista a seguir pela Rodovia do Sol.

A Eco 101, concessionária que administra a via, informou o tráfego da pista sul foi desviado no km 335, no trevo que dá acesso a Guarapari e o sentido norte registra congestionamento de mais de 4 km.

A ocorrência aconteceu por volta das 06h30, no sentido norte da rodovia. De acordo com informações da PRF, a carreta carregada com bloco de pedra, trafegava na pista sentido sul do Estado, quando invadiu a pista e colidiu frontalmente com um ônibus.

Atrás do ônibus vinham duas ambulâncias, dos municípios de Jerônimo Monteiro e Alfredo Chaves, rumo a hospitais da Grande Vitória, também colidiram. Após a batida, o ônibus desceu o barranco e pegou fogo. As ambulâncias também saíram da pista. A carreta e a rocha ficaram tombadas na via.

A ambulância do município de Jerônimo Monteiro transportava seis pacientes que não ficaram feridos, mas estão em estado de choque. O motorista Alicinaldo  Zampili Vargas, 36 anos, morreu no acidente.

Segundo a assessoria da Viação Águia Branca, o ônibus de viagem saiu de São Paulo às 16h10, de quarta-feira (21), em direção à Vitória, com 31 passageiros e um motorista. A empresa informou que há sobreviventes e está fazendo o levantamento de feridos, mortos e os nomes dos passageiros. Uma equipe está no local. O motorista do ônibus está entre os sobreviventes, o nome não foi divulgado.

De acordo com a PRF-ES, no momento do acidente não chovia, mas tinha chovido antes, a pista estava molhada e o tempo ainda estava escuro.

Socorro às vítimas

As vítimas socorridas estão sendo encaminhadas para a Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim; para o Jayme dos Santos Neves, na Serra; e para a Unidade de Pronto Atendimento de Guarapari. Além das ambulâncias da Eco101, do Corpo de Bombeiros e do Samu, algumas remoções também estão sendo realizadas por helicóptero da Polícia Militar.

Cometários

  1. Meu Deus, que tristeza. Continuo esperando a duplicação desta BR 101 que não sai do papel. Talvez, se já estivesse pronta isto não teria acontecido. Isto é culpa do governo. Há meios para processar o governo? Acho que sim. Vamos procurar. Quem sabe, assim os governantes dicam mais atentos e mais responsáveis com suas tarefas, fazendo-as serem cumpridas no prazo certo e sem roubo e com honestidade.

      1. É infelizmente enquanto nos estivermos aqui nessa terra vamos falhas sim , uns por falhas humanas outros por falhas mecânicos….Não podemos dizer se o motorista foi imprudente ou não “”Não sabemos se foi falha na mecânica ou se derrepente ele passou mal…so ele e Deus sabe o que exatamente aconteceu ali naquele momento…..Julgar é muito facil , eu penso que dizer que A ou B foi imprudente é facil será que nos tambem não estamos sujeitos passar por uma situação dessa…

      2. Minha querida procura saber das coisas antes de acusar o motorista, vc não sabe de nada que aconteceu, isso aí foi provocada por falha mecânica, pois eu trabalho na puxada de pedra e conheço o dono do caminhão, ele só tem veículos em má condições pois todos os motoristas dele que eu converso reclama das condições dos veículos, e que ele não dá manutenção. Vcs tem que para de botar a culpa na gente sem saber das verdades. Fica a dica ai

        1. Concordo.acidentes acontecem.veja bem ,o motorista poderia ter cochilando,ou algo desse tipo.eles trabalham muito passam maior parte na estrada.as vezes o desgate,o cansaço.sono.Então acho que ninguém sabe ainda o que realmente provocou isso.

  2. Mais um acidente na BR101 com mortes. E a cobrança de pedagio continua sem nenhum retorno para o contribuinte. Tá na cara que se a via fosse adequada nao haveria mortos ou o número seria bem menor. Enquanto isso, os responsáveis, aqueles políticos que colocaram está ECO101 no nosso caminho, não estão nem aí. Não cobram, não punem a empresa, não fazem a parte concernente às licenças necessárias para a execução das obras e só nos resta lamentar as mortes. É isso aí Brasil, um país onde o cidadão só paga. Com impostos ou com mortes.

  3. Lamentável. Imagine a dor dos familiares! OBS: Há um foto que não deveria estar sendo mostrada, pois tem uma vítima esmagada embaixo de uma torra e isso está expondo a vítima. Isso não é legal.

  4. Podem ter até triplicação da Br101, mas se os motoristas não forem prudentes, de nada adianta. Povo com mania de tudo colocar culpa em governo, não era o governo que estava no volante. O motorista tinha opção de não fazer a ultrapassagem. Ta ai agora, essa tragédia. Famílias sofrendo

  5. Muito triste ..poderia ser qualquer um de nós usuários das rodovias brasileiras muito mal conservadas ..não é cabível ver acidentes acontecer e não podermos fazer nada . ACORDA BRASILEIROS DA FUTURA GERAÇÃO. .ISSO É CRIME E OS RESPONSÁVEIS NA CADEIA .

  6. Eu acho que todos aqueles que dirigem deveriam de respeitar mais as pessoas, as que estao junto e as que estao em outros veiculos ou na rua. Nós motorista devemos ter mais responsabilidades e levar a vida mais a serio. Senhores condutores de veiculos grandes, bora la ter mais prudencia e maturidade. A pressa é inimiga da perfeição e inimiga da vida… tai a prova. Um filho, um pai, um irmao, um sonhador que perdeu a vida por falta de cautela de outros.
    Deus conforte a familia de todos aqueles que perderam seus entes queridos, e Deus nos de mais paciencia para evitar este tipo de coisa… 🙁

  7. A carga que deveria seguir por ferrovias, segue por estradas de rodagem matando todos os dias. O Brasil e seu atraso em tudo, destruiu as ferrovias e superlotou as rodovias com pesados caminhões transformados em bi-trens e transportando de tudo. Todos os dias, um ramal ferroviário é sucateado e abandonado. Ai mesmo no Espírito Santo, a ligação ferroviária entre o Rio e Vitória não existe mais. Está abandonado todo o trecho, fazendo com que o transporte de combustíveis que era feito por vagões até bem pouco tempo, seja agora por rodovia. Sem falar na bauxita que sai de Minas e vai para exportação, que também era feita por ferrovia, agora segue por caminhões. Esse país é uma piada. Que Deus conforte as famílias das vítimas.

  8. NOSSO DEUS QUE TRISTEZA DOS QUE FORAM NESTE TRISTE ACIDENTE E DO QUE FICAREM E TODOS OS FAMILIARES SENHOR VASMO ORA PARA DEUS CONFORTA CADA CORAÇÃO DOS FAMILIARES

  9. Ontem teve um acidente com duas vitimas fatais na mesma rodovia no estado do ES no KM 450, eu não acreditei q hoje ocorreu um outro acidente uma trajedia deste jeito! Se a rodovia já estivesse duplicada não teria tantas mortes! Meus sentimentos aos familiares das vitimas. # DUPLICAÇÂO JÁ

Deixe uma resposta para EDIOMARA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *